Este é um espaço de divulgação e debate das actividades da Associação dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro. Tem a sua sede no Estaleiro Escola no Cais da Ribeira de Pardelhas na Murtosa, e tem uma sala de apoio na Casa Fernando Távora em Aveiro
2.1.11

Primeiro Banho do Ano na Ria de Aveiro - Os amigos da Ria mergulham nas suas águas e não no Mar. Hoje com a ajuda de amigos mergulhadores, foi sepultada uma pequena arca com escritos de desejos, de mais de uma dezena de personalidades da Região. Colaboraram Dirigentes Associativos, Gentes das artes da Ria e Politicos. Ficaram desejos que exprimem o querer de melhor economia, emprego, saúde, ambiente, pesca e amizade, entre outras coisas muito desejadas. De hoje a um ano abriremos a Arca e veremos os desejos que a Ria conseguiu concretizar.

 

 

 

  

 

 

 


5.12.10

No Cais da Ribeira de Pardelhas, no estaleiro da Associação, vamos organizar a festa de entrada no novo ano 2011.

 

Com Musica gravada e ao vivo, um grande animador

Um Ano de Esperança e de Boas Venturas para os marinheiros, pescadores e amigos da Ria. Ao amanhecer vamos fazer o habitual banho nas ásguas frescas da Ria de Aveiro. Vê-mo-nos lá !

link do postPor Amiria, às 19:43  comentar

3.12.10

A Direcção da Associação dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro apresentou e aprovou os Plano e Orçamento para o ano 2011. As actividades vão continuar a promover a qualificação de Desportistas Nauticos, o apoio à formação dos Pescadores, acções de sensibilização e educação Ambiental, actividades Gastronómicas de promoção da Ria. A revitalização do Estaleiro artezanal de embarcações tradicionais é um objectivo que se mantem apesar das dificuldades que se enfrentaram no último ano, sem encomendas de novas embarcações. O intercâmbio com outras Associações nacionais e estrangeiras de "Maritime Heritage" será intensificado. Prevê-se que no próximo ano, a tradicional Regata da Ria, tenha uma dimensão maior, com um conjunto de iniciativas autónomas e complementares em torno da regata, ao longo de três dias.

 


28.1.10

Caros Amigos da Ria, Para preparar o próximo Verão, a Associação dos Amigos da Ria vai iniciar uma nova turma para fazer o exame da Carta de Marinheiro de Recreio. Inscrevam-se e transmitam aos vossos amigos esta oportunidade. A formação tem 20 sessões teóricas, e 10 práticas na Ria. Queremos que todos os amigos da Ria possam usufruir a Ria de Aveiro, em condições de legalidade e segurança. Contactem com a Associação pelo 234 868 134 ou pelo 91 9920793.

 

 

 


2.1.08

 

Associação dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro

Estaleiro Escola

Cais da Ribeira de Pardelhas

3870 - 168 Murtosa

 

 

assuntos urgentes : 91 99 20 793

 

 
    Telefone      
    tel: 234 868134    
      Fax      
       fax:   234 868136

26.12.07
Está confirmado mais um Banho do Ano Ria de Aveiro.
 
Bom Ano 2008 a todos os Amigos da Ria !
Como vem sendo tradição, vamos realizar o nosso “mergulho do ano” nas águas da Ria de Aveiro. O Encontro é ás 10H00 do dia 1 na Praia do Monte Branco na Torreira. Poderás dar o tradicional mergulho de abertura do ano, nas águas da Ria de Aveiro, saltando do barco Moliceiro "Amigos da Ria".
 
10H00 - Futebolada de aquecimento
10H30 - Mergulho na Ria
11H00 - Despedida com Porto de Honra, chá quente e biscoitos, entre outros bolos e degustações que queiram trazer
 
Lembra-se o equipamento recomendado :
- fato de treino e sapatilhas para a futebolada de aquecimento
- calção / fato de banho para o mergulho
- toalha e roupa para trocar
 
Comparece e experimenta as cálidas águas da Ria no primeiro dia do ano.
Cumpre com a tradição dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro.

11.6.07
UE adopta plano de protecção para a espécie
Comércio da enguia-europeia passa a ser regulado pela CITES
11.06.2007 - 14h25 AFP, PUBLICO.PT


A enguia-europeia (Anguilla anguilla), ameaçada de extinção devido à pesca excessiva, foi hoje colocada sob protecção da CITES (Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies de Fauna e da Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção). Este parece ser um dia especial para a espécie, dado que a União Europeia adoptou também um plano com vista à sua protecção.

Os representantes de 171 países que participam na conferência aceitaram incluir a espécie no Anexo B da CITES, por proposta da União Europeia. Assim, o comércio de enguia-europeia passa a ser controlado e regulamentado internacionalmente.

A delegação portuguesa espera que a inclusão da enguia na CITES — que controla o comércio de mais de 33 mil espécies — venha a facilitar a fiscalização da legislação nacional, uma vez que em Portugal é proibida a captura do meixão, ou enguia-bebé (à excepção do rio Minho).

Nos rios da Suécia — país que apresentou a proposta à União Europeia — a espécie está já a desaparecer.

Até dia 14, os delegados presentes em Haia vão analisar 40 novas propostas de alteração à convenção ou às espécies dos seus anexos.

UE adopta plano de acção para conservar as enguias

Hoje, os ministros europeus da Agricultura e das Pescas, reunidos no Luxemburgo, adoptaram um plano de salvaguarda da enguia, informou a presidência alemã da UE.

O plano pretende aumentar a sua reprodução — deixando que pelo menos 40 por cento das enguias passem dos rios para o mar — e repovoar os cursos de água europeus, redistribuindo parte das capturas de juvenis pela aquacultura.

Esta espécie vive entre o mar e o rio. É pescada sobretudo nos estuários da Europa ocidental quando os meixões chegam do oceano para se instalarem nos rios, ou então quando os adultos chegam ao Atlântico, para aí se reproduzirem no Mar dos Sargaços, região que vai das Antilhas à Florida.

De acordo com a CITES, os "stocks" de enguias terão diminuído entre 95 e 99 por cento desde 1980.

Além da sobre-pesca, a enguia é vítima da destruição do seu habitat natural, da poluição e das barragens.

França e Espanha são os maiores pescadores de enguias da UE e atrasaram a adopção do plano, pedido pela Comissão Europeia há dois anos.
link do postPor Amiria, às 17:38  comentar

15.3.06

Com publicação no JN, pela sua importância e relevo, reproduzimos na íntegra a entrevista dada por Eduardo Costa, o presidente dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro. Segue a entrevista : O moliceiro do futuro vai chamar-se moliate. O nome diz quase tudo. É uma mistura de moliceiro com iate, uma combinação para o barco tradicional da ria se transformar numa embarcação confortável que permita passar horas ou dias na laguna de Aveiro. O projecto da Associação dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro (AARBM) , a única entidade que ainda constrói moliceiros, está para ser aprovado pelo Instituto Marítimo Portuário, contando a AARBM fabricar ainda este ano o primeiro moliate, o moliceiro cabinado. O estilista Miguel Vieira foi convidado para desenhar e decorar a embarcação, que irá custar entre 35 a 50 mil euros. Tradicional não acaba"Isto não significa o fim do moliceiro tradicional", frisa Eduardo Costa, o novo presidente da AARBM, uma instituição sediada na Murtosa. "Os nossos estaleiros vão continuar a fazer moliceiros, mas para isso é necessário que haja encomendas", lembra. O que não aconteceu o ano passado. O único estaleiro que constrói moliceiros apenas reconstruiu embarcações em 2005. "Perto de meia centena, mas nenhum novo", confirma o responsável da associação. A Câmara de Aveiro, e também a de Ovar, têm sido os principais impulsionadores da produção de moliceiros, "mas não chega", diz Eduardo Costa. "É necessário que as restantes autarquias da região e a própria Associação de Municípios da Ria digam o que querem para o barco histórico. Temos a estrutura montada, só falta quem garanta a sustentabilidade do ex-libris", refere o presidente. É neste quadro de marasmo que surge a ideia de avançar com o projecto de um moliceiro com cabina, à imagem de outras embarcações tradicionais europeias que se actualizaram em termos de conforto, navegando ao encontro das necessidades do mercado. "O moliceiro não tem condições para se passar muitas horas na ria, não só pelo desconforto, mas também devido à navegabilidade, daí a ideia do moliate", contextualiza Eduardo. Capacidade para 10 pessoas , a cabina vai alterar a estrutura do barco. Uma empresa de Lisboa efectuou o projecto de estabilidade da nova embarcação que manterá, todavia, uma série de características tradicionais, como as cores, os desenhos, as legendas e o comprimento. O moliate medirá cerca de 15 metros, mas será mais largo. Terá quatro metros. O moliceiro tem cerca de 2,60 metros. "Ficará equipado com beliches e outras estruturas de apoio, podendo acolher até 10 pessoas", avança Eduardo Costa. A decoração interior, bem como o design do moliate, deverá ficar a cargo do estilista Miguel Vieira, um aveirense do norte do distrito, que já fez um primeiro esboço do barco. Miguel Vieira não quer, para já, apresentar a primeira imagem, pois poderá não ser a definitiva. O moliate poderá vir a ser feito em fibra de vidro, mas o primeiro será feito em madeira, tal como os moliceiros, e já tem destinatário(s). "Um grupo de directores vai comprar o primeiro", revela o presidente. O moliceiro cabinado custará "entre 35 e 50 mil euros", estima o director, que espera ver ainda este ano o primeiro moliate na ria de Aveiro.A associação espera construir quatro moliates por ano, devendo, para isso, contratar mais dois mestres de carpintaria. Do estaleiro da Murtosa sairá a embarcação que "permitirá aos amantes do moliceiro gozar a ria com todo o conforto", conclui Eduardo Costa.

 

 


Caros Amigos da Ria,

Para preparar o Verão, a Associação dos Amigos da Ria vai iniciar uma nova turma para fazer o exame da Carta de Marinheiro de Recreio. A formação tem inicio no próximo sábado. Inscrevam-se e transmitam aos vossos amigos esta oportunidade. A formação tem 8 sessões teóricas, e 4 práticas na Ria. Queremos que todos os amigos da Ria possam usufruir a Ria de Aveiro, em condições de legalidade e segurança. Contactem com a Associação pelo 234 868 134 ou pelo 91 9920793 (Manuel Augusto)

22.12.05
Os Amigos da Ria celebram o Natal.
Dirigentes e associados reuniram-se ontem em torno de um bom peixe, servido no Maré Cheia em Aveiro, no jantar de Natal da Associação dos Amigos da Ria. Um balanço de actividades, trocas de ideias sobre os projectos para 2006 e conversas de amizade preencheram o espaço de convívio entre todos. Aos que não estiveram presentes e a toda a blogosfera : Um Feliz Natal e Bom Ano 2006.
link do postPor Amiria, às 11:40  comentar

29.7.05
RegataMoliceiro2a.jpg
Caros Amigos da Ria e do Barco Moliceiro,

Queremos lembrar que amanhã, sábado 30 de Julho se realiza mais uma edição da tradicional Regata dos Moliceiros Torreira-Aveiro. É uma oportunidade única de participar ou acompanhar esta corrida de Barcos Molicieros, momento de excepcional beleza.
Este ano, o programa tem novos aspectos que pretendem trazer mais participação a esta festa dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro. Participa na celebração religiosa e traz o teu barco à “cerimónia de Benção das Embarcações”, vem degustar uma boa sardinhada ao almoço e um porco no espeto ao lanche, vem participar no foto-safari.

Com início, amanhã às 9H30 na praia da Ria “Monte Branco”, meia milha a sul do café “Guedes”, na Torreira, vem fazer a tua inscrição e traz muitos amigos.

Programa :
9H30 – Inicio da Recepção das embarcações de recreio e dos participantes, na Praia do Monte Branco - Torreira
10H30 – Celebração religiosa de Acção de Graças dos Amigos da Ria
11H20 – Benção dos Barcos Moliceiros e das Embarcações de Recreio
11H30 – Jogos Tradicionais e animação
12H30 – Sardinhada do Moliceiro
14H00 – Partida da regata dos Moliceiros (as embarcações de recreio
acompanham a regata, afastadas meia milha da competição)
16H00 – Chegada a Aveiro, Animação
16H30 – Corrida de Moliceiros à Vara, no Canal Central de Aveiro
17H00 – Arraial Nautico - Porco no espeto à moda da Ria;
18H30 – Entrega dos trofeus e lembranças aos participantes; Encerramento

A organização é da Câmara Municipal de Aveiro e da Associação dos Amigos da Ria, conta com o apoio da Região de Turismo Rota da Luz, da Confraria Gastronómica “O Moliceiro” e de muitas outras Associações e Clubes Náuticos da Ria.
Participa, inscreve-te amanhã no local da recepção, se ainda não o fizeste, se puderes confirma com o número 91 99 20 792 ou 91 99 20 791.

14.7.05
RegataMoliceiro1a.jpg


Grande Passeio da Ria, sábado 25 de Julho - CONVITE


Caro(a) Amigo(a) da Ria,

Chegaram as Festas da Ria . A Ria em Festa.
Uma vez mais vamos realizar, numa organização conjunta com a Câmara Municipal de Aveiro, a habitual “Corrida de Moliceiros Torreira-Aveiro”. Trata-se da bonita regata à vela, destas embarcações tradicionais, já com duas décadas de tradição. É um momento de rara beleza, que reúne de uma só vez, a quase totalidade dos Moliceiros ainda presentes na Ria de Aveiro, cerca de 4 dezenas de embarcações.

Vimos convida-lo a participar no grande Passeio dos Amigos da Ria, que acompanha o programa e a regata, se possível trazendo a sua família e amigos, na sua embarcação de recreio, para fazer o percurso da regata, em passeio. Caso não possua embarcação própria, a organização terá embarcações colectivas, porém com lugares limitados aos primeiros inscritos.

Programa :
9H30 – Inicio da Recepção das embarcações de recreio e dos participantes, na Praia do Monte Branco - Torreira
10H30 – Missa de Acção de Graças dos Amigos da Ria – Praia da Torreira
11H20 – Benção dos Barcos Moliceiros e das Embarcações de Recreio
11H30 – Jogos Tradicionais e animação
12H30 – Sardinhada do Moliceiro
14H00 – Partida da regata dos Moliceiros (as embarcações de recreio
acompanham a regata, afastadas meia milha da competição)
16H00 – Chegada a Aveiro, Animação
16H30 – Corrida de Moliceiros à Vara, no Canal Central de Aveiro
17H00 – Arraial Nautico - Porco no espeto à moda da Ria;
18H30 – Entrega dos trofeus e lembranças aos participantes; Encerramento

Os amigos da Ria com embarcações de recreio participantes, terão a possibilidade de participar no foto-safari (com temas náuticos da corrida e da Ria) cujo regulamento será distribuído na recepção à chegada, terão para isso de se fazer acompanhar de uma câmara de filme tradicional de 35 mm com um rolo de 24 fotos a cores ainda não inserido na Câmara.

Queremos que esta seja uma jornada de contacto com as tradições da Ria, enaltecendo as embarcações tradicionais, em especial o Barco Moliceiro, objectivos de fundo do nosso movimento Associativo.

Cada participante deverá contribuir para o almoço e lanche de Porco no Espeto com 15 Euros a pagar no acto de inscrição, ou enviando por correio para a Associação dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro, Cais da Ribeira de Pardelhas, 3870-168 Murtosa

Aguardamos a sua inscrição até ao próximo dia 25 de Julho, utilizando o email AmigosDaRia@sapo.pt, ou fax 234 868 136 ou telefone : 919 920 792 ou 919 920 791.

Venha participar, com a sua Embarcação de Recreio, é uma oportunidade única de participar nesta corrida de Moliceiros, não falte à benção das embarcações.

Saudações Associativas.
link do postPor Amiria, às 20:38  comentar

27.6.05
Caros Amigos da Ria,

Para preparar o Verão, a Associação dos Amigos da Ria vai iniciar uma nova turma para fazer o exame da Carta de Marinheiro de Recreio. A formação tem inicio no próximo dia 28 de Junho (terça feira) às 21H00 no Edifício Casa da Cultura Fernando Távora (em frente à Câmara Municipal), em Aveiro. Inscrevam-se e transmitam aos vossos amigos esta oportunidade. A formação tem 8 sessões teóricas, e 4 práticas na Ria. Queremos que todos os amigos da Ria possam usufruir a Ria de Aveiro, em condições de legalidade e segurança. Contactem com a Associação pelo 234 868 134 ou pelo 91 9920793

30.5.05
Foram eleitos os novos órgãos sociais para o triénio 2005-2008 em Assembleia Geral Eleitoral no passado dia 20 de Maio. A Direcção conta assim com um novo elenco de dirigentes, que abnegadamente abraçam a causa dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro. Os novos órgãos sociais, reflectem a continuidade e a renovação que é necessária à dinâmica associativa. Assume a Presidência da Direcção Eduardo Costa, coadjuvado por um elenco composto por Celso Santos, Gonçalo Caetano Alves, José Alves, Angelo Rodrigues, Manuel Augusto Oliveira e Belmiro Couto. Preside à Mesa da Assembleia Geral Alberto Souto e ao Conselho Fiscal António Cravo Roxo. A nova direcção aposta num programa renovado, mobilizador dos seus associados, para empreender novos desafios na defesa da Ria de Aveiro, no seu usufruto, na preservação das embarcações tradicionais, na educação ambiental.
link do postPor Amiria, às 18:50  comentar

7.3.05
Lampreia.jpg

É já no próximo fim de semana que podes participar num dos almoços do “Festival da Lampreia da Ria”, no Estaleiro da Associação, no Cais da Ribeira de Pardelhas, na Murtosa. As inscrições são limitadas aos lugares disponíveis, sempre insuficientes para os pedidos de última hora, é por isso aconselhável garantir a reserva antecipadamente. Se ainda não o fizeste, fá-lo com a máxima brevidade, para o telemóvel 91 75 30 407 Confrade José Venâncio. As inscrições são abertas a todos os Amigos da Ria, familiares e amigos.

A Confraria Gastronómica “O Moliceiro” , vem organizando há 7 anos este festival, que procurar dar a conhecer a “Lampreia da Ria”. Este ciclóstomo distingue-se da lampreia do Rio, porque ainda não saiu da água salgada, tem além disso, uma carne mais suculenta por não estar “batida” na subida do rio em água doce. Para os apreciadores, é sem dúvida um paladar único que se diferencia das habituais lampreias em água doce.
link do postPor Amiria, às 09:06  comentar

Foi assinado no Domingo dia 6 de Março, entre o Presidente da Câmara Municipal de Aveiro, Dr. Alberto Souto e o Presidente da AmiRia Prof. Manuel Augusto Oliveira, o protocolo de cedência de instalações para a sede administrativa em Aveiro, da Associação dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro. A cerimónia foi seguida de discursos de ocasião e visita às instalações. Este espaço vem assim proporcionar um melhor apoio ao desenvolvimento das actividades da Associação. É também um reconhecimento pelo importante trabalho que a AmiRia tem desenvolvido em prol das embarcações tradicionais e outras culturas da Ria de Aveiro.
link do postPor Amiria, às 08:53  comentar

18.2.05
A Associação dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro, reúne em Assembleia Geral no próximo sábado dia 19 de Fevereiro, pelas 16H00 na sua sede, no Cais da Ribeira de Pardelhas, na Murtosa. Consta da ordem de trabalhos a aprovação de contas e relatório de actividades, conforme convocatória nos termos legais.
link do postPor Amiria, às 16:51  comentar

3.2.05
img647_1.jpg
No próximo dia 7, Segunda-feira à noite, depois das 21h30 nos canais da cidade, o Carnaval na Ria “Folia da Ria”. Ainda podes participar, a Associação dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro, envolvida nesta organização, DESAFIA TODOS OS AMIGOS DA RIA (m/f), para em regime de voluntariado , com muita festa e animação, participarem activamente nesta regata de dezenas de barcos Moliceiros. Todos os barcos serão manobrados por experientes ARRAIS (Mestre Moliceiro) que comandarão as operações de cada embarcação. Mas para além desses, recrutam-se voluntários dos Amigos da Ria para exercerem nesse dia a missão de CONTRA MESTRES do ARRAIS de cada embarcação (ou seja, por embarcação, dois ajudantes para cada MESTRE MOLICEIRO) . As condições de segurança estão asseguradas, os treinos estão previstos no mesmo dia à tarde. Será uma experiência única de navegação “à vara” nos canais da cidade. Cada um poderá vir fantasiado de acordo com a ocasião. O convívio e a boa disposição próprias de um “Carnaval na Ria” deixarão um dia inesquecível na sua vida. Venha participar, de vara na mão. Inscreva-se pelo telf : 91 99 20 793 (Manuel Augusto) como Voluntário “Contra Mestre de Arrais Moliceiro”, ou para os comentários deste blog, deixando o nome e contacto, ou para o email AmigosDaRia@sapo.pt . Rápido porque os lugares estão limitados pelo número de barcos. Até lá ... a bordo de um Moliceiro !
link do postPor Amiria, às 19:46  comentar

25.1.05
barcos07_2g.jpg
Novamente o Carnaval em Barcos Moliceiros, nos Canais da Cidade de Aveiro, dia 7 de Fevereiro à noite, segunda feira de carnaval - Os Amigos da Ria e do Barco Moliceiro, congratulam-se com a organização de mais uma edição do “Carnaval na Ria de Aveiro”, onde o Barco Moliceiro já conquistou um papel de relevo nesta animação. Como todos os Amigos da Ria já terão assistido, numa organização da Câmara Municipal de Aveiro, o Carnaval nesta cidade migrou para as águas dos canais rejuvenescidos, dentro da zona urbana da Ria de Aveiro. A beleza e o colorido dos Barcos Moliceiros, associada aos festejos carnavalescos, conjugam-se numa festa animada e de grande esplendor para todos os que visitam Aveiro nessa noite. A nossa Associação dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro, envolvida nesta organização, DESAFIA TODOS OS AMIGOS DA RIA (m/f), para em regime de voluntariado , com muita festa e animação, participarem activamente nesta regata de dezenas de barcos Moliceiros. Todos os barcos serão manobrados por experientes ARRAIS (Mestre Moliceiro) que comandarão as operações de cada embarcação. Mas para além desses, recrutam-se voluntários dos Amigos da Ria para exercerem nesse dia a missão de CONTRA MESTRES do ARRAIS de cada embarcação (ou seja, por embarcação, dois ajudantes para cada MESTRE MOLICEIRO) . As condições de segurança estão asseguradas, os treinos estão previstos no mesmo dia à tarde. Será uma experiência única de navegação “à vara” nos canais da cidade. Cada um poderá vir fantasiado de acordo com a ocasião. O convívio e a boa disposição próprias de um “Carnaval na Ria” deixarão um dia inesquecível na sua vida. Venha participar, de vara na mão. Inscreva-se pelo telf : 91 99 20 793 (Manuel Augusto) como Voluntário “Contra Mestre de Arrais Moliceiro”, ou para os comentários deste blog, deixando o nome e contacto. Rápido porque os lugares estão limitados pelo número de barcos. Até lá ... a bordo de um Moliceiro !

21.1.05
Lampreia.jpg

A nossa “Confraria Gastronómica o Moliceiro” vai levar a efeito mais um Festival da Lampreia da Ria. Esta iguaria estará disponível para todos os Amigos da Ria, familiares e convidados que queiram participar em algum dos almoços agendados para os dias 12 e 13 de Março, na sede da Associação, no cais da Ribeira de Pardelhas na Murtosa. A Lampreia de Ria, caracteriza-se e diferencia-se das tradicionais lampreias, porque o peixe (ciclóstomo - Petromyzon marinus) é apanhado ainda numa fase prematura do ciclo da desova. Todas as lampreias marinhas, vindas do Atlântico, “farejam” a água doce e sobem os rios para fazer postura. A “Lampreia da Ria” é por isso um peixe que ainda não saiu da água salgada, o que lhe confere um paladar especial, por outro lado a lampreia não está ainda “batida” na subida do rio como as tradicionais, por isso consideramos a sua carne com uma textura mais suculenta e apetitosa. Se ainda não esteve em nenhuma das edições anteriores deste festival, então é altura de vir e degustar a verdadeira “Lampreia da Ria”. Se já esteve, estamos certos que vai repetir a presença, com amigos e familiares. Não esqueça de fazer a reserva de mesa com a máxima antecedência, porque os lugares são escassos, para o Confrade e amigo da ria José Venâncio telemóvel 91 75 30 407 . Até lá.
link do postPor Amiria, às 18:16  comentar

17.1.05
Decreto Regulamentar que cria o Gabinete de Gestão Integrada da Ria de Aveiro no âmbito do Ministério do Ambiente e do Ordenamento do Território: O espaço relativo à Ria de Aveiro foi classificado em 1999 (Decreto-Lei n.º 349-B/99, de 23 de Setembro) como zona de protecção especial. Sucede que os impulsos dados no passado para o enquadramento institucional da gestão sustentável desta área não conseguiram responder adequadamente a tal desafio. A este nível, relembre-se a criação do Departamento da Ria de Aveiro (Dria), em 2001 (Decreto-Lei n.º 127/2001, de 17 de Abril), que aprovou a orgânica das Direcções Regionais de Ambiente e Ordenamento do Território, visando a gestão, a título provisório, da área da Ria de Aveiro que viesse a ser delimitada em resultado da redefinição da área sob jurisdição da APA (Administração do Porto de Aveiro), S.A., o qual não chegou a sair do papel. Posteriormente, em 2003 (Decreto-Lei n.º 104/2003, de 23 de Maio), foram extintas as Comissões de Coordenação Regionais e as Direcções Regionais de Ambiente e Ordenamento Território e criadas as Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional, o que resultou igualmente na extinção do Departamento da Ria de Aveiro. Sucede que não foi consagrada nenhuma outra disposição normativa neste domínio. A importância da Ria de Aveiro para a Região onde se insere e a sua influência no desenvolvimento económico-social e na qualidade de vida dos Municípios que a circundam, assim como a necessidade de assegurar uma gestão ambientalmente correcta, integrada e sustentável da laguna e suas margens, recomendam a necessidade urgente de criação de um serviço executivo periférico, funcionando sob a direcção do membro do Governo competente, e capaz de responder eficazmente às especificidades técnicas a desenvolver no âmbito da Ria de Aveiro. Assim se permite a atribuição imediata de competências a um serviço especialmente vocacionado para a tutela dos interesses relacionados com o aproveitamento sustentável e com a conservação dos recursos naturais e paisagísticos da Ria de Aveiro, especialmente nas matérias relacionadas com o domínio hídrico no quadro de complexidade ambiental que aí existe.

- in DRA


O Gabinete de Gestão Integrada da Ria de Aveiro acaba de ser criado pelo Governo, que tomou a decisão na última reunião do Conselho de Ministros.

O Gabinete é criado no âmbito do Ministério do Ambiente e do Ordenamento do Território, segundo o decreto regulamentar aprovado pelo Conselho de Ministros. Terá autonomia administrativa, sede em Aveiro e o seu director a categoria de director-geral.

Para o presidente da Associação de Municípios da Ria (AMRia), Ribau Esteves "é um passo muito importante para a ria de Aveiro". "No futuro, havendo sucesso, outros passos terão que ser dados, como o da autonomia financeira", disse o edil social-democrata de Ílhavo, que realçou o trabalho feito nos últimos anos pelos autarcas da zona ribeirinha junto do Governo.

O presidente da Câmara de Aveiro, o socialista Alberto Souto, que já presidiu à AMRia, foi parco em comentários. "Estou com muita curiosidade para ver se corresponde às expectativas que temos", disse Souto ao JN.

A comunista Ilda Figueiredo, que encabeça a lista de deputados pela CDU por Aveiro, disse ontem aos jornalistas estar curiosa em saber o que o novo Gabinete vai fazer em relação aos projectos imobiliários previstos para a Marina da Barra.

O novo organismo deve estar instalado até Junho. Em Abril, Durão Barroso anunciou a sua criação. A demissão do primeiro-ministro originou a devolução do diploma pelo Presidente da República quando esperava promulgação.

A ria de Aveiro estava sem gestão à cerca de cinco anos

in JN
link do postPor Amiria, às 16:36  comentar

31.12.04
AmiriaAno2005.JPG








.


Bom Ano 2005 a todos os Amigos da Ria !

Como vem sendo tradição, vamos realizar o nosso “mergulho do ano” nas águas da Ria de Aveiro.

O Encontro é no cais da Ribeira de Parelhas na Murtosa, às 10H00 do primeiro dia do ano, aí faremos a preparação física e aquecimento. Depois largamos às 11H00 do Cais do Bico, em barco Moliceiro para o mergulho, cerca das 11H00. Comparece e experimenta as cálidas águas da Ria no primeiro dia do ano.

Cumpre com a tradição dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro.
link do postPor Amiria, às 11:56  comentar

28.12.04
A ria de Aveiro, o estuário do Sado e a ilha de Porto Santo são algumas das regiões portugueses que serão afectadas com um eventual aumento global das temperaturas.

Um estudo, que vai ser apresentado esta terça-feira pelo presidente do Instituto do Ambiente em Buenos Aires, e antecipado à TSF, revela que bastaria que os termómetros subissem dois graus para ameaçar as referidas regiões.
Segundo João Gonçalves, a ria de Aveiro, o estuário do Sado e a ilha de Porto Santo são regiões planas e baixas que podem ficar afectadas consideravelmente pelo aumento do nível das águas do mar.
Portugal, a par de outros 188 países, começou na segunda-feira a debater na capital argentina a necessidade de definir novas metas de redução das emissões poluentes, no âmbito da Convenção Quadro das Nações Unidas para as Alterações Climáticas.
Depois do «sim» da Rússia ao Protocolo de Quioto, esta conferência, que decorre até dia 17 de Dezembro, irá debater a necessidade de alargar o acordo a mais países, nomeadamente aos EUA.
Ainda durante esta Convenção iniciar-se-á a discussão sobre o segundo período do Protocolo de Quioto, a partir de 2012, uma vez que actualmente apenas estão definidas as regras de redução de emissões poluentes até essa data.
07-12-2004
in “Diariodigital.sapo.pt”
link do postPor Amiria, às 18:46  comentar

O Outono é um período privilegiado para a ocorrência um pouco por toda a parte de variadíssimas espécies de aves selvagens, em deslocações migratórias. O Falcão-peregrino (Falcus peregrinus), uma espécie habitualmente associada a ecossistemas de mais elevadas altitudes tem frequentado locais tão singulares como a cidade de Lisboa e outas cidades em redor.
Também na Ria de Aveiro a espécie tem ocorrido sendo observada quer em cima de poleiros destacados na paisagem lagunar quer desencadeando as suas espectaculares e rapidíssimas perseguições a outras aves aquáticas.
A presença de flamingos-comuns (Phoenicopterus ruber) na Ria de Aveiro tem nos últimos anos sido regular havendo casos de registos de aves em bando (observados em diferentes zonas da laguna) e casos de indivíduos isolados (observados pelo segundo ano consecutivo em datas similares e na mesma zona).
“11-2004 Oceanus web”
link do postPor Amiria, às 18:37  comentar

21.12.04
Boas Festas e Bom Ano 2005

ImagemNatalAmiRia1.bmp
link do postPor Amiria, às 16:03  comentar

Os Amigos da Ria, reúnem-se em confraternização de Natal no próximo dia 23, quinta, pelas 13H00, no restaurante Mercantel, em Aveiro, para celebrar esta quadra. O custo do almoço, como é hábito, será divido por todos os presentes, estimando-se entre 15 a 20 euros. Faz a tua marcação para o telemovel 91 99 20 793 do Prof. Manuel Augusto. Depois do almoço faremos uma visita ao novo espaço sede da Associação em Aveiro. Com votos a todos de Boas Festas e um Bom ano 2005.

26.11.04
Embarcações de recreio para todos os gostos e uma variedade de produtos e equipamentos para as actividades marítimas devolvem, de 20 a 28 de Novembro, a magia dos oceanos à EXPONOR - Feira Internacional Porto.

Com rumo traçado para a especialização, o evento recebe um público interessado nas muitas novidades do mundo náutico que, pela quarta vez, estão ancoradas em Matozinhos.

Na EXPONOR
Todos os dias das 15h às 23h
Domingo das 15h às 20h

A Associação dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro, disponibiliza convites aos seus Associados que queiram visitar o certame, reservado a sócios com quotas em dia, e até ao limite dos convites disponíveis.
link do postPor Amiria, às 16:05  comentar

No próximo dia 27 de Novembro o Núcleo Regional de Aveiro da Quercus - A.N.C.N. organiza uma saída de campo que inclui uma visita aos Moinhos da Lagoa de Mira e à Zona Litoral da Praia de Mira. Nesta actividade teremos a colaboração da Associação dos Amigos dos Moinhos e Ambiente da Região da Gândara (AAMARG).

Na primeira parte da saída, pretendemos dar a conhecer aspectos naturais e da intervenção humana nesta região, rica em grandes valas de drenagem cuja água é aproveitada pelos moinhos ainda em funcionamento e os quais iremos visitar. Procuraremos também observar a avi-fauna que utiliza estes espaços de refúgio, onde o pinhal é a cobertura vegetal dominante.

Na segunda parte desta saída, partindo do Clube Náutico da Praia de Mira iremos até à praia, onde poderemos constatar a influência da intervenção humana, perturbadora da eterna dança das areias do nosso litoral. Teremos também a oportunidade de verificar no terreno, a desenfreada, irresponsável e insustentável recolha de cogumelos nestas areias, actividade que urge regulamentar.

Aconselhamos a levar roupa e calçado apropriados, água e eventualmente comida leve. O grau de dificuldade desta actividade é baixo. Não existe seguro de grupo, devendo os interessados tratar do mesmo a título pessoal.

O ponto de encontro principal é às 09.00 Horas na Lagoa de Mira (à direita na estrada Mira-Praia de Mira). O ponto de encontro alternativo é às 08.00 Horas, na sede da Quercus-Aveiro, Urb. de Santiago, Bl. 25, em Aveiro. O transporte de e para o local da visita deve ser próprio ou partilhado. O fim da actividade está previsto para cerca das 13.00 Horas.

A inscrição é obrigatória, podendo ser efectuada através do telefone 966551372 até ao dia 25/11/2004, sendo a mesma gratuita para associados e menores de 16 anos, e com o custo simbólico de 5,00 Euros para não associados.

A Direcção do Núcleo Regional de Aveiro da Quercus - A.N.C.N.
Núcleo Regional de Aveiro da Quercus - A.N.C.N.
Apartado 363; 3811-901 AVEIRO
E-mail: Quercus.Aveiro@portugalmail.pt
Internet: http://aveiro.quercus.pt/

Sede: Urb. de Santiago, Bl. 25 - R/C F, Aveiro
Abertura: Segunda das 18:30 às 19:30, Quarta e Quinta das 18:00 às 19:30 e Sexta das 17:00 às 19:00
Tlf/Atend.: 234425072
Tlm: 966551372
link do postPor Amiria, às 13:13  comentar

6.10.04
A nossa “Confraria Gastronómica o Moliceiro” no intuito de animar e manter o convívio entre os Confrades marcou mais um “Jantar do Confrade”. Assim o Capítulo terá lugar na próxima sexta feira dia 08 de Outubro pelas 19.30 horas na sede da Associação dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro, no Cais da Ribeira de Pardelhas, na Murtosa. Este jantar está aberto à família, e amigos. Será servida uma tradicional Caldeirada de Enguias à Murtoseira. Neste Jantar a chancelaria propõe a realização de uma reunião de trabalho que terá a seguinte ordem do dia : Apresentação de contas; Admissão de novos Confrades; Marcação da cerimónia de Entronização de novos Confrades; Discussão de outros assuntos de interesse para a Confraria. Agradecemos a apelamos desde já à presença de todos os Confrades e amigos. Marcações até ao próximo dia 07 de Outubro para o telefone 917 530 407 (Confrade Venâncio ).

4.10.04
Recentemente têm vindo a público através da comunicação social, várias notas que dão conta de algum desentendimento institucional entre um Clube Náutico e uma Autarquia da Região da nossa Ria. Não queremos tomar qualquer partido na contenda, mas não podemos deixar de lamentar que o Barco Moliceiro “Ilhavense”, propriedade da Autarquia mas entregue à guarda do Clube, fosse utilizado como arma de arremesso nesta disputa, ferindo a dignidade de uma embarcação histórica que todos devemos respeitar e preservar. O clube intimou mesmo a Câmara em questão, a retirar o Barco Moliceiro das sua instalações, num prazo de poucos dias. A Associação dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro, rejeitando qualquer tomada de posição a favor ou contra qualquer das partes, repudia que esta embarcação histórica seja usada como um móbil desta contenda. Assim manifestou já a sua disponibilidade para acolher o Barco Moliceiro “Ilhavense” preservando-o de qualquer falta de cuidado ou abandono, até que a Autarquia proprietária encontre uma solução definitiva. A bem dos Barcos Moliceiros.
link do postPor Amiria, às 13:30  comentar

28.9.04
Dado o interesse de vários Associados e outros amigos da Ria em aprofundar os seus conhecimentos de navegação, a Associação dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro, através da sua Escola de Navegação de Recreio, vai iniciar as inscrições, limitadas a um grupo de 12 elementos, para a formação de "Patão Local", podendo inscrever-se candidatos já habilitados com carta de "Marinheiro de Recreio". O Curso, é coordenado pelo Com. Frederico Silva, com 30 sessões Teóricas e 10 Práticas. Os custos de admissão têm condições especiais para sócios dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro. Não percas esta oportunidade.

27.9.04
(...)
Regata de moliceiros voltou a animar o programa

Na frente virada para a Ria, as atenções centraram-se na Regata de Moliceiros da Nossa Senhora da Saúde, promovida pelo Clube de Vela da Costa Nova (CVCN). A competição, que desde há seis anos se associa aos festejos daquela localidade ilhavense, disputou-se ao início da tarde de ontem e contou com a participação de 16 moliceiros.
O grande vencedor da prova foi «José António», seguido das embarcações «José Miguel» e «Doroteia Verônica», que ficaram em segundo e terceiros lugares, respectivamente. Destaque ainda para as embarcações «Dos Netos», «O Lameirense» e «Manuel Vieira», quarto, quinto e sextos classificados.

Arrais apresentaram caldeiradas a concurso

No âmbito do programa da Regata da Nossa Senhora da Saúde, as tripulações dos moliceiros voltaram a esmerar-se na confecção de caldeiradas típicas para disputarem o título da melhor «Caldeirada do Arrais». Este ano a organização chamou também a esta competição vários restaurantes da Costa Nova e Gafanhas.
Manuel Rodrigues, vereador do pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Aveiro, Jorge Começanha, da Confraria de São Gonçalo e Diogo Gomes, da Confraria «O Moliceiro», foram os elementos que constituíram o júri desta prova gastronómica, que acabou por ser dividida em três categorias distintas.
Na categoria da caldeirada de enguias o grande vencedor foi o Restaurante Escadinhas, seguido do Bar do Guincho e Restaurante Marisal, segundo e terceiro classificados, respectivamente.
Na parte do concurso de enguias fritas, a tripulação do moliceiro «Reinaldo Belo» acabou por arrecadar o primeiro lugar, seguido dos «Manuel Silva» (2.º), e «Dos Netos» (3.º). Por último, na categoria de caldeirada à fragateira, o grande vencedor acabou por ser o moliceiro «José Miguel». Destaque ainda para a embarcação «Catraia da Costa Nova» (2.º lugar) e restaurante «O Forno» (3.º classificado).

-Maria José Santana - in Diario de Aveiro


 
arquivos
2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

2005

2004

subscrever feeds
blogs SAPO